Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Perdeu-se canalizador...

Como é possível perder-se um canalizador?

Fácil... muito fácil...

Basta arranjar um em que marca hora e dia e não aparece. Marca para o dia seguinte, à mesma hora, e depois, aparece uma hora e meia depois da hora marcada. Após vários telefonemas. Sai a dizer que no dia a seguir volta, e, nem sinais dele? Terá ido comprar cigarros?

Fácil, não é?

 

3c117a13563311a8d7f7be0188633068.jpg

 

Continuo a achar que o canalizador deve ter ido pelo cano abaixo, que até hoje, nem sinal dele...

Vamos lá ver se o dito, entretanto dá à costa... e ainda me é abertura de um qualquer jornal nacional das 8! 

ahahahahah!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

I'm out .... bad energies

 

Segunda-feira...

Chega uma pessoa dum fim de semana, que de descanso? Só mesmo a definição no dicionário. Foi tudo menos isso. Ou não tivesse tido o azar de surgirem rupturas numa das canalizações da casa de banho. Provocando infiltrações de água para o andar de baixo.

Era cá um chuveirinho...

E ainda assim... sorri-se. Há que relativizar os problemas e esperar pelo orçamento do canalizador... Aí é que se perde o sorriso.

Já no escritório....

Com um sorriso na cara, tentando combater a natural "ressaca" típica dum pós fim de semana. Esperando encontrar o seu cantinho sossegado, calmo, cheio de boas energias para começar bem a semana. E aproveitar da melhor forma, o facto de a maioria estar de férias.

Isto vai ser um sossego!

Quando... de repente, o ar fica carregado. Pesado. Cheio de "más energias". Uma pessoa até sente nos ossos...

Uma porta abre-se e dá-se de caras com um "trombone" até aos pés... daqueles que até ganham rugas antes do tempo...

Um que ainda por cima veio de férias... 

E sorri-se... 

Do outro lado, um ar altivo, emproado, como se todos lhe devessem alguma coisa. Há gente que gosta de cultivar antipatias.

Oh! Sorte...

 

 b474ee2b0136c3ada0a33e326d40cf7c.jpg

 

Tem problemas? Quem não os tem?

E eu sou a primeira a reconhecer que as segundas são dias complicados. Mas mau feitio? Tem limites... Tenha lá paciência... 

Tanta mediocridade para quê? Continuo sem perceber do porquê de certas pessoas, sistematicamente, continuarem a perder tempo com ninharias... no seu limitado tempo. E se ele é curto. Quando damos por isso... puf... acabou...

Sempre a queixarem-se da vida que levam... ou não levam.

Como se tivessem reais razões para o fazer. Vivem num mundo encantado só delas, onde só há são rainhas e reis. Onde são as principais protagonistas. Têm um emprego, casa, família, tiram férias, fazem o que querem e o que não querem, quando e onde bem lhes apetece e ainda reclamam da vida?

E se arranjassem uma vida... a sério? 

Não, não me vais estragar o dia... a semana... 

Xô má energia.... Xô...

I'm out

 

 

Dá para se comer Quinoa sendo diabético?

Há coisa de umas duas semanas fui com a minha mãe a mais uma consulta, na Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal.

Como ela é diabética tipo II e insulinodependente, há já alguns anos... com uma certa regularidade, vai às consultas de rotina. 

Uns dias antes da mesma, os seus valores diários de glicémia, dispararam para valores muito acima do que se poderá considerar normal, para um diabético. As análises depois confirmaram um desregulamento glicémico ao longo do dia e do tempo. No mesmo dia, fomos encaminhadas para uma consulta de nutrição. 

 

Aquela associação, aliás toda a equipa responsável pelo espaço (desde o pessoal do atendimento aos próprios médicos) é maravilhosa! O paciente entra e é visto da cabeça aos pés, literalmente. Tudo o que possa estar relacionado com a diabetes, sejam problemas oculares, sejam problemas na ponta da unha dos pés... lá, é tudo visto e revisto. Não deixem de dar uma vista de olhos pelo site! (link mais acima).

 

Quando se tem diabetes ou um familiar diabético, uma das primeiras preocupações, senão mesmo a primeira, é com a alimentação. 

A minha mãe precisava de fazer uns reajustes à sua normal alimentação. Nada que já não lhe tivesse alertado. Mas como se costuma dizer.... santos à porta de casa não fazem milagres...

 

Aproveitando o facto de estar, frente a frente com uma nutricionista, aproveitei para expôr todas as minhas dúvidas. Uma delas passava pela hipótese de, em alternativa ao arroz, experimentar confeccionar outro tipo de cereais, como por exemplo a Quinoa.

Com tanta moda de super alimentos que por aí surge, não queria arriscar introduzir um alimento diferente e, que depois lhe fosse prejudicial.

Prontamente nos assegurou que era uma fantástica alternativa ao arroz e inclusive à batata. Rica em hidratos de carbono, entre outros minerais e vitaminas, o principal é que o seu índice glicémico ser muito baixo. Que os vegetarianos usavam em alternativa ao feijão, devido a ter uma maior concentração de ferro. E ainda referiu, ser um dos cereais que os celíacos podem consumir, visto não ter na sua composição glúten. 

O que é certo é que, saímos da consulta munidas de mais informação, orientadora, de quantidades e tipo de alimentos que poderiam ajudar a baixar, os níveis elevados de glicémia. Afim, de se evitar ter de recorrer ao aumento das doses de insulina. Que por si só já andam altas...

 

33257945804_1087220b11_c.jpg

Photo credit ☼I Love Living In The Country!☼

 

Sabem quais os benefícios da Quinoa para a nossa saúde?

 

Fiquem a saber:

- Baixo nível glicémico (IG) - ajuda a prevenir a diabetes e a obesidade. Ajuda a manter os níveis dentro dos parâmetros normais, de quem já é portador. Óptima opção para quem sofre de obesidade e precisa de alternativas alimentares ao arroz, massa e batatas.

- Ajuda na regulação da função intestinal - como cereal que é tem fibras que contribuem para a diminuição da absorção das gorduras.

- Na prevenção de doenças cardiovasculares - nos casos de níveis de colesterol elevados no sangue, pode ser uma boa solução alimentar, devido às fibras que compõem a quinoa. E não esquecendo a hipertensão muitas das vezes, associada às doenças cardiovasculares.

- É saciante - diminui o apetite.

- Possui fitoestogéneos, muito semelhantes aos estrogéneos femininos, pelo que pensa-se que possa ser um alimento a ser ingerido na altura da TPM, aliviando os seus sintomas. 

- Ajuda a regular o sono - possui triptofano (aminoácido), que é o responsável por estimular a libertação de serotonina. Ajudando na regulação do sono, do humor, temperatura corporal, etc...

- Ajuda a prevenir o envelhecimento celular - tem propriedades antioxidantes que são uma boa ferramenta no combate aos radicais livres.

 

Como preparar:

Prepara-se exactamente como se de arroz se trata-se. Tem de ser lavada antes de cozinhar, para que se elimine a resina natural presente nas pequenas sementes. Depois uma medida de quinoa para duas de água e deixar cozinhar durante 15 a 20 minutos. Temperar a gosto. Pode depois, ser ligeiramente salteada numa frigideira.

 

Onde usar:

Desde o pequeno-almoço à ceia. Como acompanhamento de carne, peixe ou em saladas. Até para sobremesas dá! Ao pequeno-almoço é um bom substituto dos cereais.

 

A nossa primeira experiência com a quinoa:

Cozi a quinoa e deixei arrefecer. Numa taça juntei um pouco de frango assado, sem peles e gorduras, cortado em pedaços pequenos. Juntei umas azeitonas pretas descascadas. Juntei ainda milho cozido, tomate cherrie cortado ao meio, um pimento daqueles pequeninos, cortado em cubos e a quinoa. Há parte juntei ainda um pouco de queijo de cabra fresco que tinha. Temperei com um molho de vinagrete.

E servi!

Nota, não usei sal! Mas quem quiser pode rectificar o sabor!


Resultados:

Na manhã seguinte, ao acordar e após medição dos seus valores... então não é que de quase 300 passou para 160?!

Já consegui reduzir, um pouco, da dose de insulina à noite! Continuo esperançada em aos poucos, continuar a reduzir as várias doses diárias.

Desejem-me boa sorte!

 

Às vezes, dou por mim a pensar.... Será que conseguiria viver sem ter um gato?

Hoje...

Dizem ser o dia Internacional do Gato.

Estávamos no ano de 2002 quando a organização International Fund for Animal Welfcare, decidiu que este 8 de Agosto seria a data, para além de celebrar um dos animais domésticos mais famosos do mundo... Terá como objectivo, uma maior consciencialização dos cuidadores para a forma mais correcta de cuidar dos gatos domésticos.

Eu referi cuidadores, em vez de donos, certo?

Quem tem um gato sabe que não é o seu "dono". Nós, apenas cuidados das suas necessidades básicas, em troca dos seus ensinamentos. E quem diz dos gatos, diz o mesmo de qualquer outro ser senciente. Seja ele cão, periquito, hamster, todos têm algo para nos ensinar. Aliás, faz-me imensa confusão dizer-se que se é dono do que quer que seja. Estamos todos aqui de passagem e não se leva nada para... para o que quer que seja que acontece depois da morte.

Então?... Para quê se dizer que se é dono disto e daquilo e depois, quando se cansa do brinquedo, o abandona à sua sorte.... tantas vezes no meio de estradas...

 

CIMG6567.JPG

 

 

 

Mas, para mim...

Todos os dias, são dias do Gato!

 

Todos sabemos que os gatos são aqueles seres fofos, peludos e que nos surpreendem com as suas gracinhas ou travessuras. Mas, é também do senso comum, que, nem todos estamos preparados, para às vezes, compreender alguns dos seus comportamentos e necessidades básicas.

Não sei eu outra coisa!

Ou não tivesse, em casa 4 bolas de pêlo! Cada uma com a sua personalidade e feitio. Cada um com os seus gostos e defeitos...

 

Sempre vivi com gatos. Sempre fizeram parte do meu mundo encantado da bicharada. Mesmo antes de nascer, já viviam gatos, tanto na casa dos meus avós como na dos meus pais. Mais parecia viver num micro mini zoo! 

Às vezes, dou por mim a pensar.... Será que conseguiria viver sem ter um gato?

Claro que sim... mas...

A resposta ainda que óbvia, é claro que se consegue viver sem um animal de estimação. Mas... E há sempre um mas... Com que substitutos, se colmataria todos aqueles momentos proporcionados pela companhia de um animal de estimação? Neste caso um gato?!

O que é que, em alternativa, se enroscaria nas tardes frias de inverno, no nosso colo? Assim como aquele inconfundível som? O ronronar? Que às vezes mais parece um motor dum carro a trabalhar... Quem o faria?

O mesmo som que nos acalma depois de um dia de stress? E que em tantas situações, substitui o médico, o psicólogo e por sequência, a medicação? 

Isto sem esquecer, daquele suave e quase imperceptível, toque do seu húmido nariz nas nossas bochechas, seguido de uma patinha, como que a acariciar-nos? Quem resiste àquele silencioso abraço, quando nos pedem colinho?... Eu não!

Com quem é que aprenderíamos a perder a mania de controlar tudo à nossa volta? 

Exemplo?

Quem já não se passou dos carretos, quando... depois de se varrer a cozinha, "alguém" se lembra de ir brincar com as migalhas, quando andamos à procura da pá? E aquelas calças pretas, acabadas de engomar, que de repente aparecem cheias de pêlo.... no sítio onde as deixámos, bem longe das alminhas? 

Quem melhor que um gato para nos ensinar a escolher amigos? É verdade! Eles sabem quem realmente é nosso amigo! Quem não gosta de animais.... huummmm....

Quem melhor que um gato... para nos acordar de manhã?

Eu cá, já desisti dos despertadores... Só ainda não consegui foi, acertar-lhe os ponteiros. Todos os dias às 6h da manhã! Há lá relógio mais pontual!...

Quem nos ensina a não ter medo de nada? Aranhas... Assim como os súbitos ataques de "paranóia" quando se põem a olhar para o vazio, todos eriçados... que nos deixam com um friozinho cá na espinha... E, depois, desatam a correr dum lado para o outro, feitos tontinhos...

Ah! Estavam só a testar-nos!!!

E quem melhor que um gato, para nos dizer que está na altura de... arrumar as gavetas? Calha um pequeno esquecimento.... uma gaveta mal fechada e lá está um! Há que manter tudo simples e arrumadinho!

Tudo faz parte da convivência com um gato.

Até mesmo quando partem, nos ensinam... que o amor perdura na memória... 

E tanto fica por dizer, que só quem é bafejado pela sorte de ter um gato pode contar!

Eu tenho 4 gatos... ou serão 4 anjos?!

 

 

"O GATO possui beleza sem vaidade,

força sem insolência,

coragem sem ferocidade.

Todas as virtudes do Homem

sem os seus vícios"

 

                                               Lord Byron

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Loulou no pinterest

Loulou no face

Mensagens

Pesquisar

 

Comentários recentes

  • A Hipster Chique

    Espero exactamente o mesmo...

  • HD

    Têm um coração maior que o nosso e não quero pensa...

  • A Desconhecida

    Beijinho grande, minha querida, tens andado desap...

  • Marta Elle

    Estou bem, dentro do possível.Não vou comprar nenh...

  • Loulou

    Olá querida!Está tudo bem comigo! E contigo, como ...

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D