Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Não se perde um animal... perde-se um membro da família...

"A Poem For Cats

They never leave our memories,

the cats who've shared our lives.

In suptle ways they let us know

their spirit still survives.

Old habits still make us think

we hear a meow at the door.

Or step  back when we drop

a tasty morsel on the floor.

Our feet still go around the place

the food dish used to be,

And, sometimes, coming home at night,

we miss then terribly.

All although time may bring new friends

and a new food dish to fill,

That one place in our hearts

belong to them... and always will"

 

 

 

Na passada quinta-feira à noite, a minha princesinha Bia partiu...

 

Há um ano atrás, tinha acabado de deixar entrar a Ritinha em casa. Contrariada. Com muita resistência, lá deixei que ela viesse para casa. Não só pelo facto de ter outros três. Do receio de que a podiam rejeitar, mas principalmente por... pela morte do meu Matias, o meu gatinho mais velho, de olhos verde esmeralda. Um gatinho maravilhoso que me acompanhou durante quase 18 anos. 

 

Um ano se passou...

E de um dia para o outro tudo descambou. 
Nesta semana que passou, estive de férias. Andava ansiosa por uns dias de merecido descanso e de pôr assuntos em dia. Aqueles que normalmente não temos tempo quando estamos em horário laboral. 

Iam ser umas férias de quase chacha.... mas antes isso do que...

Na sexta-feira, antes do fim de semana do meu dolce fare niente, vendo a barriga da minha gata inchar de forma súbita... como se de um dia para o outro estivesse à espera de bebés... Uma enorme ascite (barriga de água) ocupava-lhe todo o abdómen. Levei-a de urgência ao veterinário. Logo aí e após ser vista, o meu mundo ruiu... O diagnóstico era muito reservado. Havia a suspeita de estarmos a lidar com uma peritonite infecciosa felina ou, na presença de um tumor no fígado. Ficou internada. Qualquer das duas hipóteses era terminal, tal estavam alteradas as suas análises.

Enquanto esteve internada, de sexta à noite a segunda à noite, nada lhe faltou. Com todo o cuidado médico como se de um ser humano se trata-se. Com horários de visita e tudo!

Ansiava pelos momentos em que a ia ver, tanto de manhã, como ao final da tarde. Sempre na esperança de a ver melhor, mas o seu estado ia-se deteriorando.

Na segunda-feira, veio o resultado conclusivo, das citologias e n bateria de análises... tumor com metástases noutros órgãos.

Veio para casa... com os tratamentos paliativos até...

Soro intravenoso, injecções para as dores, para os vómitos, para o fígado... comprimidos para lhe estimular o apetite e... tudo aquilo que ela tivesse vontade de comer. Dar-lhe conforto e o aconchego de casa até ao seu último suspiro...

Ou... até ver que o seu estado se tornava insustentável e a leva-se para adormecer...

Não consegui o fazer. Não sei se o conseguiria fazer... Nem mesmo que pensa-se em o fazer... teria tido tempo para tal...

A Bia... não resistiu...

A um tumor que, aparentemente não deu sinais antes... Nada me indicava o que se passava com ela. Sempre bem disposta, comilona, brincalhona, meiga e.... feliz... Com os seus grandes olhos amendoados sempre prontos para se enroscar no nosso colo.

Até... na quarta-feira, dessa semana, dar com um ligeiro aumento da sua barriga. Ligeiro e uniforme. Bom, não deve ser nada de especial.... pensei eu... Se calhar, foi daquela saqueta de comida nova que ela comeu e lhe vai dar uma volta aos intestinos... Mas não... estava enganada... No dia a seguir a barriga estava maior e na sexta... tive de a levar para ver o que se passava. 

 

Os dias que se seguiram e seguem custam a passar. Cada espaço tem a sua história... a sua memória...

Todos sentimos a sua falta. 

 

Propositadamente.... não colocarei nenhuma foto dela. Não consigo fazê-lo...

 

Quero deixar o meu sincero agradecimento a toda a equipa do Hospital do Gato, em especial à Dra. Ana Cassapo, por todo o cuidado e apoio prestado.

Um Bem Haja!

 

 

 

 

 

 

Dizem ser hoje o Dia Mundial do Animal...

 

"I don´t know how to save the world.

I don´t have the answers or The Answer.

I hold no secret knowledge as to how to

fix the mistakes of generations past and present.

I only know that without compassion and

respect for all of Earth´s inhabitants none of us

will survive - nor will we deserve to".

 

                                                                Leonard Peltier

 

qihhcdagxqmyedl4weaq.png

 

Só espero que um dia nos possam perdoar....

 

Sleeping Whales ... como dormem as baleias

 

sperm-whales-sleep-franco-banfi-1-5968931cbc01f__7

Umas das coisas que sempre tive curiosidade em saber, foi como dormiriam os seres vivos que habitam os oceanos. Quer dizer... O conceito à partida será bem diferente do nosso... humano. E cada espécie deverá ter os seus próprios mecanismos de vigília e de repouso.

Lembro-me, quando miúda, de ficar fascinada a ver os peixinhos no aquário que os meus pais tinham. Dar-lhes de comer, mudar a água, essa era a parte divertida. Agora quando partiam... Muito choro havia naquela casa! Mas estranhava nunca os ver a dormir. A não ser naqueles momentos, por mais breves que fossem, em que pareciam ficar petrificados no meio do nada...

Acreditava que os pobres coitados, por viverem no aquário ficavam com insónias. Que não conseguiam descansam. Andavam dum lado para o outro, sem nunca conseguir gastar as "pilhas"...

Hoje, sei que não é bem assim. Que os peixes como não têm pálpebras, logo, é-lhes impossível fechar os olhos. Então como fazem para descansar? Fazem-no permanecendo num estado de imobilidade aparente. Com simples movimentos, muito subtis, das suas barbatanas, para manterem o equilíbrio. 

Outros, descansam no fundo dos oceanos, rios, ou escondem-se no meio das algas, em buracos, nas suas próprias conchas.

Mas isto são os peixes... e os mamíferos aquáticos?

Como será que as baleias dormem?

888fd77b9f3cb78bb220a88927b269b7.jpg

Essa resposta.... trouxe-nos Franco Banti. Fotógrafo aquático.

Num daqueles raros momentos...

Estava a observar um grupo de baleias cachalote, no Mar das Caraíbas, quando de repente... todas pararam de se movimentar. E encontrou-as assim... na vertical... descansando!

E é assim que as baleias dormem. Na vertical, numa espécie de sincronização que dura entre 6 a 24 minutos!

sperm-whales-sleep-franco-banfi-5968a3c263e2c__700

sperm-whales-sleep-franco-banfi-2-5968931f1da2a__7

Sperm Whales Sleeping - no vídeo podemos ter uma melhor ideia de como será!

 

 

 

 

 

 

Fica a Dica - Posso dar isto ao meu gato?

 

Quem tem gatos sabe o quanto são criaturas curiosas. Estás-lhe na sua natureza. Momentos como a descoberta do que vem dentro dos sacos de compras é um gesto rotineiro nas nossas casas. Por muito que a segurança seja apertada, de vez em quando lá conseguem furar o esquema...

Adoram cuscar tudo!

E se as embalagens vierem com cheiros que lhes despertem o olfacto. Ui.... parecem autênticos detectives providos de ímans em volta dos sacos. Cheirando ou melhor dizendo snifando e afastando tudo até encontrarem a fonte de tão estranho snif! E escancararem o bigode! Já devem ter visto!!!

Se gostarem de tão apelativo aroma, não são nada modestos em querer provar. Chamem-lhes parvos. Até nós gostamos de experimentar e de provar alimentos ou sabores novos!

Só que, tal e qual como para nós, existem certos alimentos que estão proibidos ao gatos comer. Muitos poderão ser causadores de doenças como a diabetes, infecções do trato urinário, síndroma do intestino irritável, gastrites, obesidade e até mesmo causar-lhes a morte.

Claro que convém sempre apostar na alimentação específica, em que a qualidade nutricional dos alimentos está preparada para cada tipo de gato. Quer isto dizer, ter-se-à sempre de ter em atenção a idade, raça e estilo de vida do bigode, para que nos possamos assegurar que estamos a garantir-lhe uma boa saúde e logo uma maior longevidade.

Gatos saudáveis são gatos felizes! Quem não gosta de ouvir um bom ronronar... que às vezes mais parece um motor do carro?!

Ah! Já me esquecia...

Do quanto caprichosas são estas criaturas de pêlo! Quantas são as vezes que abrimos as caixas próprias e simplesmente as recusam. Lá vem aquela pata a tentar tapar o prato da comida. E o arrasta pela cozinha fora. Não damos por isso, tropeção e parecemos autênticos equilibristas ao evitar a queda. Típico não é?!

Outras tantas vezes já fomos surpreendidos pelos nosso gatos, ao nos implorar por um pedacito da nossa comida.... na hora da refeição... quando olham para nós insistentemente e com uns miaditos à mistura.... É difícil de resistir, não é?

E vem sempre ao de cima a questão... será saudável? Posso partilhar com ele aquilo que como? 

A seguir, fica uma lista dos alimentos, permitidos e dos totalmente proibidos dar aos nossos bigodes.

Espero que ajude!

18893210_1290800527683920_9216025363780192477_n.jp

 

 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Loulou no pinterest

Loulou no face

Mensagens

Pesquisar

 

Comentários recentes

  • Graça

    Lamento muito. Os animais de estimação, precisamen...

  • Ladybug

    É um momento terrivel quado perdemos um animal...u...

  • Graça

    Ah! Um presente desses é muito bom, também quero. ...

  • Anita

    São da nossa família

  • Marta Elle

    Nem quero imaginar o que estás a sentir.Eles têm u...

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D