Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Pedrogão Grande...

Aquele que deveria ser mais um fim de semana de descanso, de retempero das forças para mais uma semana de trabalho.... Afinal tornou-se no maior pesadelo vivido pelas gentes de Pedrogão Grande. E por todos nós que assistíamos, à distância, atrás de um visor... Incrédulos e consternados, horrorizados à tamanha devastação florestal causada pelo fogo. A mesma que deixou à sua passagem um rasto de morte. Inconformados, devastados, sem forças à medida que o número de vítimas mortais subia, assim como os feridos. A sentirmos-nos pequeninos e impotentes perante as forças da Natureza. A mesma, à qual tantas vezes ignoramos os seus avisos... Como o povo diz.... depois de casa roubada, trancas à porta. Muito pouco há a fazer quando este tipo de desastres é natural. Mas quando não é? Não deveríamos nós já ter aprendido com os erros do passado?! Porque continuamos a seguir a velha maneira de ser português? O desenrasca? O logo se vê? Que imagem queremos passar para o estrangeiro ver? Logo agora que temos sido capa de tão boas noticias... 

Foi uma calamidade natural, claro. Sem dúvida que sim. Talvez, se.... e só se... o mal tivesse sido menor se os terrenos estivessem limpos... dizem uns... Os terrenos particulares? Do Estado? Não somos nós todos Estado?

Compete-nos aprender a lição. E fundamentalmente, pensarmos em implementar medidas de educação civil. Falta-nos tanta... Logo a partir das escolas. Educar as futuras gerações que o espaço que nos rodeia, também é o espaço dos outros. É nossa obrigação e dever estar atentos à sua limpeza e manutenção. Logo agora que o interior do pais está cada vez mais desertificado. Com as suas gentes envelhecidas. Em que terrenos anteriormente cultivados estão agora ao abandono. Basta um cigarro mal apagado e lá vão n hectares de floresta à vida... assim como vidas... humanas e animais...

portugal_escudo.png

Um Bem Haja...

Aos bombeiros que continuamente arriscam tudo. Muitas das vezes sem conhecerem o território. Largam as suas próprias casas, famílias e buscam ajudar e salvar o próximo. Sabendo que o ideal pelo qual lutam muitas das vezes é inglório, levando as suas próprias vidas.

A eles o nosso obrigado. Pela vossa força, pela vossa bravura, pela vossa coragem e desprendimento com a vossa própria segurança. 

 

Estamos todos de luto.

Ficam as minhas condolências e preces pelas vítimas, aos familiares, amigos, vizinhos, conhecidos, anónimos, animais de companhia ou de trabalho.

 

 

 

A voz da consciência...

 

... é tramada.

Novamente segunda-feira... vésperas de Santo António e estou a trabalhar... Epá não é justo...

Descansa.... Certamente que não és a única.

Em Lisboa e arredores... Apesar de parecer que houve uma certa conspiração e por esta altura, metade da redondeza tenha tirado os dias e ido de férias... Certamente existirão mais como tu... Aqueles que não puderam fazer ponte ou tirar dias de férias... ahahahahah

Só me parece...

Está um fantástico dia de sol, não está? E continuo aqui? Atrás do computador, de volta de mails, cartas, ofícios, agendas, telefonemas, marcações de reuniões?

Então? Larga tudo.... Vai-te embora... Tosse.... diz que estás constipada...

Olha que vontade não falta...

Vai dizer isso ao teu chefe... vai... E vais ver a pilha de mails para responder que levas logo a seguir... só para saíres mais cedo.... ahahahahahah

Oiço uns barulhos de fundo... que de início me parecem esquisitos, mas depois de afinar o ouvido, percebo que vêm lá longe, da praia...

Alguém se diverte.... E estás cá com uma inveja de todo o tamanho? Sentes ganas de sair porta fora, atravessar a estrada, correr atrás do som e também tu ir molhar os pés na praia. Querias não querias?

Pois... pois...

Esquece...

Estás a trabalhar. Não te pagam para delírios...

Volta já para o documento que estás a digitalizar...

Ai e os casamentos?!

Já foram... nem pela televisão pudeste assistir... não tinhas lá ninguém.

Restam-me as marchas...

Marchas?

É sempre a mesma coisa... todos os anos.... É vira o disco e toca o mesmo... Vais mas é dormir que o teu mal é sono.... Vai... vai...

Arraial?!... Isso sim, é que vale a pena. Festa! Gente. Diversão, Boa música!

É a sardinha assada...  o cheiro da febra acabada de ir para a grelha...

A música pimba querias tu dizer... Febra? Coiro queres tu dizer... Que é o que te levam por uma sardinha mal assada, num naco de pão rijo como c**** ... Queres um lugar sentado? Puxa uma cadeira e assenta-te no chão...

Esquece... má memória.... 

E o manjerico?.... Que nos adoça o ar e nos faz piscar o olho aquele borracho que por nós passa?...

 

Com o cheiro do manjerico

Espero arranjar um rapaz rico

Vou pedir ajuda a Santo António

Para que ele seja bonito

                                  

Qual manjerico?

Aquele que te nasceu no meio da calçada?

CIMG8179.JPG

 

Vais longe... vais....

Não querias mais nada... pois não?

Ooohhhhh valha-me o Santo Antoninho....

 

 

Santo António, Santo António!

Que bonito que tu és

Vou-te comprar um manjerico

E vou pô-lo a teus pés

 

 

É melhor comprares um é...

De que estás à espera? Atende o telefone....

 

 

 

Banco alimentar contra a fome.... hoje são eles... amanhã pode ser um qualquer de nós...

Resultado de imagem para banco alimentar

 

Foi durante este fim de semana que se realizou mais uma campanha de angariação de alimentos para o Banco alimentar. Segundo fontes oficiais foram recolhidas 1.848 toneladas de bens de primeira necessidade. Um número muito próximo ao do ano passado, por esta altura.

 

Que curioso... tinha a ideia de que este ano se iria ultrapassar os valores.

No supermercado que frequento, um grande e  bem movimentado por sinal... como de costume são mais os que não aceitam o saco dos que os fazem. E muitos aceitam-no e depois guardam-no e levam-no para casa. Há de tudo um pouco...

Anos anteriores, as pessoas ofereciam, mas como que timidamente... Chegando mesmo a ter-se aquela sensação de que se estava a cometer algo ilícito, de cada vez que se entregava os sacos aos voluntários... e lá vinha aquele escrutínio de olhares reprovadores, mais velhos... Até parece que têm alguma coisa a ver com o que fazemos com o nosso dinheiro. Será que já pensaram que hoje estão bem na vida, mas amanhã podem muito bem estar no lugar de quem hoje é necessitado. Os mesmos que tinham empregos, bons empregos e de um dia para o outro os perderam, sem terem culpa de nada.... com filhos menores ao encargo?... E os idosos, como tantos vós, que já não se podem deslocar, sair de casa porque estão doentes? Já pensaram nisso? Vontade não faltava de "esbofetear" estes e mais argumentos na cara dessas pessoas.... Mas para quê??? Irritar-me? Não estou para isso.... Faço o que posso. Ajudo na medida que posso e fico com a minha consciência tranquila.

Já este ano pareceu-me diferente. Tive a sensação, enquanto deambulava pelos corredores, também eu à procura dos artigos para encher o meu saco de papel.... ver mais gente, de várias gerações principalmente as mais novas, a também enche-los e dando-os de seguida aos voluntários. Mudança de mentalidades? Talvez estejamos no bom caminho. Afinal, somos conhecidos, enquanto povo como sendo solidários, de gostarmos de ajudar o próximo... ainda que desconfiados de todos  e mais alguns peditórios... mas amigos do próximo...

Que boa sensação que é sabermos que de alguma forma estamos a contribuir para que o outro se sentia um pouco mais amparado, que não está sozinho... protegido... 

Afinal não custa assim tanto...

Continua a angariação.... seja através de vales nas caixas de super e hipermercados, seja on-line. O importante é que todos, dentro das possibilidades de cada um, possamos ajudar. Quer seja na oferta de bens de primeira necessidade, quer sob a forma de voluntariado.

Um Bem Haja a todos!

Eu sei que não se ama sozinho....

Talvez devagarinho... Possas voltar a aprender...

 

O dia dos 3F's... 

Um dia que ficará na memória de todos... não só nós portugueses, mas de muitos, por esse mundo fora e que nos acompanharam. Viveram-se momentos de muita emoção e de alegria, como já há algum tempo não acontecia. Foi o renovar da esperança, da fé, de que vale a pena o esforço. Que devemos lutar pelos nossos objectivos. Que a meta é isso mesmo... a concretização dos nossos planos, ou objectivos!

Primeiro Fátima e a visita do Papa Francisco. Momentos de grande emoção , não experienciados no local, mas ainda assim, vividos através do pequeno écran. Entre tantos outros episódios que marcaram esta sua curta passagem por Portugal, talvez... ver um emocionado Papa, a despedir-se, acenando também ele com um lenço a Fátima... tenha sido um dos momentos mais de quebra corações a que assisti.

Depois... Futebol...o Benfica e a sua consagração em tetracampeão. Venha o Penta! Olha eu que não ligo nenhuma a futebol.. vibrei com a vitória... aliás as várias vitórias do Benfica neste fim de semana!...

Até o tempo esteve de feição!...

E por fim... o Festival.  Eu que há anos e anos não ligava nenhuma aos festivais, que deixara de assistir... Nem sequer sabia quem concorria, qual a canção, os interpretes ou se quer se estávamos qualificados ou não... Na primeira meia final não resisti e vi. Muito por culpa das notícias que à volta da canção e do seu interprete iam surgindo. Até esta altura, desconhecia quem cantava e qual a canção. E rendi-me... É impossível ficarmos indiferentes a ela... aquela interpretação única e mágica... à letra introspectiva que nos embala e emociona...

No sábado, o final de um jejum de 49 anos sem nunca termos ganho um festival.

Que fim de semana memorável

Obrigada manos Sobral!

 

 

Amar pelos Dois. A canção interpretada por Salvador Sobral, letra de Luisa Sobral...

 

"Amar pelos Dois"

Se um dia alguém

Perguntar por mim

Diz que vivi

Para te amar

 

Antes de ti

Só existi

Cansado e sem nada p'ra dar

Meu bem

Ouve as minhas preces

Peço que regresses

Que me voltes a querer

 

Eu sei

Que não se ama sozinho

Talvez devagarinho

Possas voltar a aprender

 

Se o teu coração

Não quiser ceder

Não sentir paixão

Não quiser sofrer

Do que virá depois

O meu coração

Pode amar pelos dois

 

 

Parece que foi ontem...

 

... que deixou de ser Presidente de poucos para ser de muitos...

transferir.jpeg

foto Octavio Passos/Lusa

 

 

Estávamos a 9 de Março de 2016. Deslocava-me para a Assembleia da República. Iria ser a segunda vez que lá ia. Da primeira vez, tinha ido assistir à discussão do diploma sobre a Medicina Natural. Era, na altura parte interessada. Acabada de me formar, andava esperançada que a regularização fosse para breve... Não o foi... Enfim, outros tempos...

Desta vez era diferente. Ia assistir à tomada de posse daquele homem que tinha sido meu chefe/presidente. E agora viria a ser o Presidente de todos os Portugueses.

Logo à entrada, de ambos os lados dos corredores, escadas e até ao local que me estava destinado, pude ser recebida por uma escolta de honra de guardas da GNR, fez-me sentir novamente pequenina como uma princesa dos contos de fadas! Ora não fossem eles todos escolhidos a dedo! 

Assisti à cerimónia, fiz parte daquele momento único e irrepetível, com um misto de saudosismo próprio de quem trabalhou com aquele homem que, no decorrer da cerimónia se tornava Presidente da República.

Um ano passou...

Causou estranheza a alguns que não o conheciam. Mas sempre igual a si próprio.

Continua na mesma, tal e qual como quando o conheci e com o qual, tive o privilégio de trabalhar.

Ficam as saudades e as boas lembranças desse tempo...

 

Um Bem Haja,

Senhor Presidente da República

 

20160309_102815.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Loulou no pinterest

Loulou no face

Pesquisar

 

Comentários recentes

  • Marta Elle

    Os animais nunca fazem o que nós queremos, e nisso...

  • Kalila

    Ahahah! Parabéns pelo livro, amiga!Os gatos estão ...

  • HD

    De nada, tu mereces :)

  • Graça

    As fotos estão lindas e acho piada à expressão del...

  • Loulou

    É mesmo mau feitio....ahahahahah

Mensagens

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D