Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loulou

Meowmy de 4 gatos e artista autodidacta nas horas vagas! Acompanhem-me nas minhas aventuras e desventuras nesta jornada que é a vida!

Loulou

Meowmy de 4 gatos e artista autodidacta nas horas vagas! Acompanhem-me nas minhas aventuras e desventuras nesta jornada que é a vida!

Já sabem das boas notícias?... Hoje é..... SEXTA-FEIRA

Tic... tac...    Tic... tac...

O relógio começa a contar...

234d3427fb0dab5a40d1c6d0405b21a8.jpg

Tic... tac...    Tic... tac...

As horas custam menos a passar... 

 

Até à sensivelmente três anos atrás... altura em que ora estava a trabalhar por conta própria... ora andava à procura de trabalho.... o tempo era mais relativo do que agora... Era passado e vivido doutra maneira...

 

As Sextas eram iguais às Segundas, às Terças e por aí em diante...

Quando se trabalha por nossa conta e risco, sentimos e vivemos o tempo doutra maneira. Se não trabalharmos... não recebemos e por vezes é quando se trabalha mais. 

Vivem-se outras rotinas outros horários.

E principalmente.... Não existe todos os meses o dia de São Ordenado...

Bendito sejas!!!

 

 

Tic... tac...    Tic... tac...

está quase... quase a chegar...

 

Nessa altura era difícil lembrar o quanto é bom sentirmos o gostinho da chegada da sexta-feira.

O melhor dia duma semana de trabalho! O dia é vivido com outro ânimo, alegria e disposição.

Somos capazes de... até chegar mais cedo ao trabalho... coisa incrível! Imaginem tal acontecer a uma Segunda-feira?! Sem ser estritamente necessário ou obrigatório?!....

Andamos apressados a terminar as tarefas, só para não se deixar nenhum assunto pendente para...

 

Aquele dia... a seguir ao Domingo...

Pois esse...

Aquele que dizem ser inicio duma semana nova de trabalho.... brrrrrrrr...... que arrepios!

Esquece....

Hoje é Sexta-feira!!!

 

Tic... tac...    Tic... tac...

que o fim de semana está a chegar...

 

E agora que o malandro está a chegar...

Sim, o fim de semana é um malandro, um malvado sem coração. Boémio incorrigível e irresistível. Que nos deixa inebriadas(os) no seu charme...

 

Ai como aquele desgraçado sabe tão bem como nos levar....

Deixa-nos pelo beicinho e depois.... desaparece sem deixar rasto...

 

Devia ser multado.... ou melhor... preso a cada um de nós pelo tempo que quiséssemos.

 

de212c5b67dedfce4c381b2855df53b2.jpg

 

Então não se esqueçam!

Assim que o apanharem e depois de lhe dizerem das boas....

Agarrem-se a ele com unhas e dentes e tentem tudo por tudo para não o largar. Pois assim também farei!

Divirtam-se!

Beijos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Home Sweet Home

 

Ah... se a nossa casa conta-se... A nossa história...

 

O que teria ela para nos contar? Que colecção de alegrias, cromos de tristeza teria para a troca com outras casas?

 

Huummm... quem sabe... talvez...

 

As paredes sem dúvida que partilhariam as nossas alegrias, assim como que timidamente falariam baixinho das nossas tristezas.

 

Os quartos esses rir-se-iam à despregada só de se lembrarem  dos bons momentos partilhados em família ou com os amigos. Evitando ao máximo expressar as nossas lágrimas.

 

E as janelas? Essas portas dos nossos sonhos e esperanças... estariam sempre abertas para todas as novas possibilidades que surjam. E nunca, mas mesmo nunca expondo as nossas derrotas ou fracassos.

 

Já me esquecia....

 

E o sótão?... esse sem dúvida que seria a wikipédia da casa... a maior fonte de memórias e recordações do passado! Só das boas!

 

Oh! Ela conhece-nos tão bem....

 

Não há nada como a nossa casinha... 

 

Quem melhor que a nossa casinha (entenda-se família/amigos) para nos conhecer como realmente somos. 

 

Onde, mal se entra à porta podemos despir a capa que nos reveste, a mesma com a qual todos os dias nos apresentamos - representamos para os outros... como um actor numa peça de teatro.

 

Lar doce lar... onde  verdadeiramente "desembrulhamos" a nossa alma... 

4b459ea9ec2a96ceadeefbcc70a5dd5a.jpg

 

Lar (s.m.)

 

é se sentir bem-vindo. lugar pra onde a gente

corre quando tudo fica mal. lugar de maior

segurança do mundo. refúgio. nosso. possível

de ser compartilhado com outras pessoas

melhor quando compartilhado, é se sentir

parte de algo. pertencer.

 

o mochileiro é aquele que fez do mundo inteiro o

próprio lar.

 

                                   João Doederlein 

 

 

 

 

A prenda perfeita! Carta para familiares que nos oferecem sempre o mesmo...

Este é um caso real que acontece uma vez por ano em quase todas as casas. Sorte a quem nunca lhes tocou a vez... mas chegará... ai não tenham dúvidas!!!

 

Chega-se à véspera do dia de Natal... à noitinha na hora da troca das prendas, a família está toda reunida... e volta-se a repetir a história...

Todos os anos é sempre a mesma coisa...

Lá vêm as meias da tia, os chinelos da avó... as toalhas bordadas da madrinha... e lá vem a nossa cara mal disfarçada de... felicidade.

Este ano vamos fazer diferente, de outro modo. Já que é para se ser contemplada(o) com a mesma lembrança, porque não ajudá-los a serem originais na oferta?!

E o que é que me lembrei? Uma carta

Cá vai:

 

Carta aos familiares que todos os anos nos oferecem... sempre a mesma lembrança!

 

A prenda perfeita

 

Caros familiares,

 

    Quero vos agradecer, desde já todo o vosso carinho e atenção que dispensam quando pensam em nós e na nossa prenda.

 

Mas talvez tenha chegado a hora de vos dizer... não quero que levem a mal a minhas palavras, pelo contrário. São somente dicas para vos ajudar na dura e árdua tarefa de conseguirem nos arranjar a lembrança perfeita! Eu sei o quanto difícil é!

 

    Caso não tenham reparado, mas ultimamente, de há uns anos para cá... tem sido sempre a mesma prenda. Aquela mesma que estão a pensar... as meias, os chinelos quentinhos para o Inverno, as luvas de cozinha, a garrafa de vinho...

 

    Também de certeza, que já reparam no olhar desapontado ainda que seja disfarçado com um sorriso ou um abraço... 

 

    É que nem mesmo quando vos dou dicas como...Oh! Não era preciso terem-se preocupado comigo. Foram gastar dinheiro que se calhar vos faz falta...

 

    No fundo... já estou a contar com o mesmo.... já não é uma surpresa...

 

    Podem dizer... mas neste Natal  que passou o que te ofereci foi diferente. Bem sei que pode não ser o mesmo padrão, ou  textura das meias, que a cor dos chinelos é diferente. Que este ano a toalha está bordada com outro motivo... e ADORO!

 

    Não... não estou a criticar, pelo contrário, meias, chinelos ou luvas para a cozinha fazem sempre falta. É o facto de repetirem que está em causa...

 

    Será muito pedir que este ano sejam um pouco mais originais? Um pouco mais audazes?

 

    Calma... Não se aborreçam e pensem mal...

 

    Podem oferecer à mesma as meias, as toalhas para a casa de banho, só que doutra forma.

 

    Calculo que devam estar a pensar... mas o que quererá ela dizer com doutra forma. Não quererá embrulhada no papel de fantasia, com aquele laço que tanto nos custou a colar? Quer dentro dum saco plástico dos transparentes?

 

 

    Não, nada disso. Eu explico ou melhor, reuni uma série de exemplos para vos ajudar! Tudo coisas simples e baratinhas que a vida está difícil para todos!

 

    Cá vão as dicas:

268ffa5c5cea818321bfbe9188215da2.jpgslippers-gift-3.jpg

    Estão a ver... para além dos chinelos tão quentinhos podem colocar um verniz.. ou um chocolatinho...  

01a04e9ede3dc81e2f20217c03587cd3.jpgbcdce4e15f8150d132334d73529adfd8.jpg

 

    As meias ficam ou não ficam mais originais quando oferecidas assim? 

8c76f76ebb6e6b59476e2e65d5e41a8a.jpg7ca8b897ad36b0f3618001f616928ac9.jpg

 

    E as luvas para a cozinha?

    Ia adorar!!!!

d97e260885e832670302f67dfe2f9557.jpg

 

    Como vêm tudo ideias simples e baratinhas para que este Natal seja diferente!

 

    Fico ansiosa a aguardar pela vossa surpresa deste ano!

 

    Com um grande... grande beijinho,

 

                            Qualquer um(a) que se reveja neste texto

 

 

 

 

P.S. já estou a preparar a vossa lembrança!

 

Pág. 4/4

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Pesquisar

 

Comentários recentes

  • Loulou.art

    Muito obrigada querida Isabel! Por andar, ultimame...

  • imsilva

    Já tive ocasião de comentar no blog da Zé.Gostei d...

  • MJP

    E escreveste Muito Bem, Querida Loulou!!!

  • Loulou.art

    Muito talentoso este meu rapaz! Beijinhos

  • Loulou.art

    É o meu mais velho! Um docinho de gato e muito tal...

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D