Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loulou

Meowmy de 4 gatos e artista autodidacta nas horas vagas! Acompanhem-me nas minhas aventuras e desventuras nesta jornada que é a vida!

Loulou

Meowmy de 4 gatos e artista autodidacta nas horas vagas! Acompanhem-me nas minhas aventuras e desventuras nesta jornada que é a vida!

Ando em maré de azar...

 

A minha Ritinha (gata) está doente... muito doente....

Acabei de vir do veterinário e as notícias não são nada animadoras. Tem uma infecção pélvica... mas o pior é que foi diagnosticada com felv positivo. Tem líquido entre a pleura e os pulmões e suspeitam de uma massa nos pulmões... linfoma?

Está em observação...

Se inicialmente se pensava que com a infecção pélvica, operando-a tudo se resolvia, agora com este quadro mais complicado... se calhar nem vale a pena a operar. 

 

Ela só tem dois anos...

Ontem durante o dia, notei alterações no seu comportamento. Mais apática e pouco comedora. Coisa que logo estranhei, sendo ela uma comilona por natureza. À noite, começou com uma respiração de esforço que se prolongou, ainda que intermitentemente, durante a noite.

Não quis esperar mais... Às 9 horas da manhã já estava à porta do hospital (veterinário) com consulta marcada e com uma carga de nervos em cima que... como se diz... só Deus é que sabe.

A história repete-se...

Ainda foi à tão pouco tempo que perdi a minha outra gata. Foi neste último novembro. 

Tenho a cabeça em looping...

v4-900px-Care-for-a-Cat-with-Feline-Leukemia-Step-

 

Vai um gato-latte?

Café....

Quem é que não gosta de um bom café?! OK... mesmo que não gostem, podem continuar a ler...

Acabadinho de fazer, quentinho nas nossas mães e ainda a fumegar na chávena. Seja longo, curto, expresso, cappuccino, com ou sem leite. Leite de coco, natas, chocolate, baunilha, canela...

Enfim a variedade é tanta e tão boa, que o melhor mesmo é ir beber um agora!

Oh.. estou-me a lembrar do quanto bom que é... logo pela manhã ao acordar e... cheira a café! Alguém fez café antes de nós?!  Uauuuu.... Assim até uma pessoa se levanta com mais entusiasmo e corre as divisões da casa até chegar ao eldorado.... e lá está ele... na cozinha... numa chávena a fumegar e à nossa espera.

Mas quando se gosta de café, não é só de manhã que é bom. Quer se esteja sozinho ou acompanhado... qualquer hora ou ocasião é boa para se beber uma boa chávena de café. E ponto!

Agora...

Se o café é uma paixão assim como gostar-se de gatos o é... o que poderá resultar desta combinação?

Um gato-café... Claro que sim, já existem diversos gato-cafés espalhados por esse mundo fora, inclusive, aqui no nosso burgo (Portugal)!

Mas e se os gatos fossem os protagonistas em pinturas de café? 

Não é a primeira vez que alguém pega numa chávena com café, num pincel, numa folha e dando largas à sua imaginação...  o transforma numa bela obra de arte.

Ainda assim... E se, tal e qual as diferentes variedades de café juntássemos a personalidade dos gatos a cada um deles?

Foi o que Elena Efremova fez... 

Experiente em aguarelas, criou uma encantadora colecção a que apelidou de Coffee cats!

“Cada gato possui uma personalidade própria, assim como todo tipo de café possui seu próprio sabor”.

E o que saiu....

... foi o que resulta quando duas grandes paixões se unem...

Um café e um gato unidos por um forte laço, (interpretação livre), expresso na união da sua cauda com uma linha fluída que cai, borda fora, da chávena.

Senão confiram...

 

Hummmm...

Vai um tal e qual a sua criadora, quem não gosta de um café com gelado?! Este tenho de experimentar. Se com natas é boooommmm, com gelado....

6541ee32199607.56730ff2bd4da.jpg

 

E que tal um café com gato francês... E como mandam os bons costumes terá sempre de ser acompanhado de um bom croissant e um sumo de laranja acabadinho de fazer!

elena-7.jpg

 

Vai um gato-latte?!

elena-6.jpg

 

 O Gato Macchiato... com as suas patinhas brancas

elena-3.jpg

 

O gato do típico café americano

elena.jpg

 

Vai um gappuccino?!

elena-2.jpg

 

E para finalizar... o clássico gato Expresso...

elena4.jpg

Para onde é que ele... furtivamente vai?

 

Parabéns mãe!

 

Quanto anos eu tenho...

Tenho os anos em que o amor, às vezes, é uma chama louca, ansiosa para se consumir no fogo de uma paixão desejada.

E em outras, uma corrente de paz, como um entardecer na praia.

Quantos anos eu tenho? 

Não preciso de números para marcar, pois meus anseios alcançados, as lágrimas que derramei pelo caminho,

ao ver meus sonhos destruídos
Valem muito mais que isso.

 Não importa se faço vinte, quarenta ou sessenta!
O que importa é a idade que eu sinto.

Tenho os anos de que preciso para viver livre e sem medos. 
Para seguir sem medo pelo caminho, pois levo comigo a experiência adquirida e a força de meus anseios.

Quantos anos tenho? 

Isso não importa a ninguém!
Tenho os anos necessários para perder o medo e fazer o que quero e sinto.

 
                                                                                                                                              Jose Saramago 

 

amor-niños.jpg

 

 

                                                            

Previsão para as próximas horas....

Uma tempestade de seu nome Félix...

...com muita chuva...

Ventos fortes....

Agitação marítima.... e um navio encalhado ao largo do bugio...

Atrás de uma janela... lá longe... e quando as brumas (nevoeiro) o permitem vislumbra-se o cargueiro. Só... encalhado num banco de areia. Despojado da sua grandiosidade.

Agora... parece pequeno e frágil de cada vez que uma onda bate contra o seu casco.

 

Dizem que também há beleza num dia de chuva e que não são só os dias de sol que são bonitos. Talvez até que tenham razão. Principalmente quando um país está assolado pela seca. Aí a chuva não é só necessária é bela, é cantiga para os nossos ouvidos...

Certo é que as cores são outras. De uma paleta de tons mais escuros, pardos, melancólicos e talvez nostálgicos. Aquelas cores que nos trazem à lembrança quem está longe e ao mesmo tempo perto na memória.

 

A cidade reveste-se de tons cinzentos, apenas quebrados pelos coloridos chapéus, de quem cruza as ruas de forma apressada em busca do abrigo mais próximo.

Lá fora chove, agora com mais intensidade...

O vento uiva sobre as árvores e traz consigo mudanças. 

 

Até um dia de chuva pode ter a sua beleza e o seu encantamento....

 

Rainy-Days-600x350.jpg

 

Pág. 1/2

Mais sobre mim

... no Blogs Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Pesquisar

 

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D