Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Não me enbergonhem mais... please....

 

That awkward moment

when your parents don't

aprecciate the hilarious

child they were 

blessed with...

 

 

E é nestas alturas que gostava de ter um cão...

Poder ir para baixo da mesa, fazer-lhe companhia e roer também eu um osso! Ou assim fingir e camuflar a minha presença a modos de poder fugir ao tema invariável da conversa. Daquelas que se têm quando estamos todos reunidos à mesa... As mesmas conversas que são como as cerejas... Uma leva a outra e a outra e acaba sempre no mesmo assunto...

Não percebem porquê? Cá vai...

 

Ai as dores de cabeça que esta miúda me deu quando era pequena. E daquela vez que fomos parar ao hospital com ela por causa da... 

Estava tudo a correr tão bem... Tinha que ser a mim que a rifa saía. Rifa... O que me saiu foi mesmo a fava...

 

Quando somos pequenos, catraios.... Epá até que gosto desta palavra! Todos sem excepção fazemos asneiras. Aos olhos dos pais são autênticas desgraças, calamidades que põem em risco a continuidade do mundo tal e qual como o conhecem.

Só drama...

Aos nossos olhos, ou melhor dizendo na nossa perspectiva... Não são mais do que verdadeiras epopeias! Aventuras na descoberta de um mundo novo. Invariavelmente muitas delas terminam com umas valentes medalhas. E se eu ganhei umas quantas! 

Medalhas... eheheheheh...

Arranhões, esfoladelas ou na pior das hipóteses umas pernas ou braços partidos para mais tarde impressionar os rapazes... E depois ser motivo de vergonha e passarmos o resto da vida a tentar esconder as mazelas das batalhas...

 

Como daquela vez, era eu pequenita e parti a cabeça! Quando fui de encontro a uma parede lateral do prédio, onde na altura vivia... 

Có coró có cóóóó.... E o galo cantou!!!

Só não foi às quatro da madrugada... Mas que devo ter visto estrelas... devo. Ou seria por ser de noite?

Que culpa tenho eu, se de repente apareceu uma parede à minha frente? Mesmo naquela altura em que estava a fugir a um perigoso pirata? Ela não estava lá antes! Será que ninguém percebe????!!!!

Andávamos todos a jogar à apanhada... isto, quando não tropeçávamos nos nossos próprios pés e esbarrávamos uns contra os outros...contra o chão... parede... enfim... 

Anos mais tarde fiquei a saber...

 

...que pus o prédio todo em alerta ao som do choro...

 

Do meu, claro!

Consta que foi mais um berreiro desenfreado... enquanto subíamos pelas escadas até ao último andar... palavras de uma vizinha da altura... O que se calhar ela queria dizer era... Se fosse comigo levavas cá uma palmada e calavas-te logo...

Vergonha, muita vergonha... ou talvez não! Pensando bem...

Mas o que estavam todos à espera?... Acordei-vos do soninho de beleza??? Vieram todos à porta ver o que se passava? E não tinham os telemóveis à mão, para registar o tão irritante momento?... Porque ainda não existiam? Temos pena...

Experimentassem... passar pelo mesmo e depois diziam-me como é...

Ainda em choque com a queda, ganhar um ganda galo, por sinal sangrento e ficar a saber que ia ser cosida, a sangue frio... 3 ou mais pontos (?). Por um vizinho enfermeiro de profissão.... na sua própria casa... Sabe lá Deus com que instrumentos de tortura medievais... uuuhhhhh crreeeepyyyyyy....

E só depois ir ao hospital...

É dose... 

Ainda hoje, passados tantos anos é tema, recorrente de conversa, de reunião familiar ao fim de semana!

Prontos... tá dito...

9a4b75f396b1501a3d39e84917fded9a.jpg

 


Percebem agora do porquê de a meio de certas conversas à volta da mesa, uma pessoa querer se esquivar devagarinho... para debaixo da mesa à procura do guardanapo ou de um qualquer talher que acidentalmente caiu?

Mas o título deste post era para não me envergonharem mais? E agora? Publico e toda a gente sabe...

 

 

nota:

Caso estejam preocupados com a parede, essa não sofreu qualquer dano! Nem na pintura! Pelo que não houve despesas extras com e para o condomínio!

Agora... em relação ao que resultou do chocalhar dos neurónios cá da je...

Essa é outra história...

 

 

18 comentários

Comenta

Mais sobre mim

foto do autor

Loulou no instagram

Loulou no pinterest

Blogs Portugal

Loulou no facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Pesquisar

 

Comentários recentes

  • Marta Elle

    Não tenho problemas em comer plantas, mas insetos ...

  • Loulou

    Obrigada Anabela! Fiquei sem palavras...

  • Loulou

    Sinceramente... a única coisa que posso pensar de ...

  • Anabela

    Ui, não tem sido fácil a vida do Kiko. Mas teve mu...

  • Marta Elle

    Ainda há bocado, num programa da RTP, estavam a di...

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D