Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Loulou

"To live a creative life, we must lose our fear of being wrong"

Pensem verde... reciclem as vossas ideias...

para um futuro melhor!

O nosso e o das futuras gerações por nascer...

 

"Se soubesse que o MUNDO

ACABARIA AMANHÃ, eu ainda

HOJE PLANTARIA uma ÁRVORE"

                                                                                                                       Martin Luther King Jr.

 

mtrg.jpg

 

Hoje, celebra-se o Dia Mundial do Ambiente.

Tudo começou a 5 de junho de 1972 na Conferência das Nações Unidas, sobre o Meio Ambiente, onde se elaborou uma declaração com 26 princípios. Podem ler - Declaração de Estocolmo

46 anos já se passaram...

E o que foi feito?

Foram alcançados os resultados pretendidos?

Pois...

Quando surgem notícias como a da baleia que apesar dos esforços para a salvar, acabou por morrer e na qual foram encontrados 8 kg de plástico no seu estômago - notícia. E quem diz da pobre baleia, diz do resto de todo o ecossistema marinho e no topo da cadeia alimentar... nós... 

Hoje sabe-se, que a quantidade de plástico encontrada nos nossos oceanos triplicou nos últimos anos... triplicou... 

Estamos a falar de 8 milhões de toneladas de plástico que vão parar ao oceano... Não são só os sacos, são também a tampas e as próprias das garrafas, as embalagens e os paus dos gelados, e claro, os famosos cotonetes que vão parar às águas que banham as nossas praias.

Quando me refiro a famosos cotonetes...

Confesso que não percebo o porquê de haver tanta alminha por aí espalhada que não discorreu da ideia de ter a "porcaria" dum caixote ao pé da sanita e lá depositar tudo o que é resíduo que se faz numa casa de banho. Tanto os cotonetes usados como o papel higiénico, entre outras coisas podem ser colocadas no dito caixote. E há-os para todas as bolsas, cores, tamanhos e feitios.

É que não custa nada...

Os caixotes são baratos, não é desculpa para não se ter um...

Cheira mal? Deixem a tampa fechada e vão ver que já não sentem o cheiro...

Notícias como as de Portugal ter aumentado em 2,3% os resíduos urbanos... Bem sei que é difícil resistir às embalagens ditas... oferecidas pelos supermercados. Mas irem parar ao lixo comum???

Meus amigos(as)... existem ecopontos espalhados por todo o lado...

Comodismo... não é razão válida para não se reciclar.

Se ao pé de vocês não existirem por perto ecopontos... exerçam o vosso direito de cidadania e junto das juntas de freguesia informem-se, protestem, exijam! Cabe-nos a nós mudar os hábitos e não esperar que seja o outro a fazê-lo por nós.

Não há nenhuma razão válida para não se reciclar.

Felizmente... os governos... alguns, ainda que poucos mas bons, estão cada vez atentos para as graves alterações climatéricas e espero que não seja... num último esforço... tentam alterar, emendar e quiçá remediar... erros do passado. E isso tem-se visto nas medidas que querem e vão implantando. Como as mais recentes medidas tomadas em Bruxelas, para a eliminação do plástico nos descartáveis (copos, pratos de plástico, talheres e os famosos cotonetes) optando por outras soluções mais ecofriendly.

É que não há mesmo nenhuma razão para não se reciclar...

Pensem verde... não custa nada... nem sequer dói...

 

E tal como Martin Luther King Jr... eu também plantaria uma árvore...

 

Senza capire ... niente di niente...

"Isto até que parece simples...

Faz-se com uma perna às costas, como se costuma dizer...."

 

Por alturas da Páscoa...

Andava eu a começar as minhas limpezas de primavera e encontrei um pequenino livro em crochet.

Com coisas tão fofinhas que até doí...

Isto até ter reparado que era...

....

Em italiano...

Os esquemas estavam em italiano, as explicações em italiano e eu...

Senza capire ... niente di niente...

Que bom...

CIMG1803.JPG

Mas não desisti!

Valha-me o Santo Google, se não fosse ele não teria conseguido fazer este saquinho. 

 

Do que consegui perceber e tentando passar a ideia...

Usa-se uma linha de algodão fina para uma agulha de crochet nº 1

 

Começa-se por se fazer um círculo mágico, ou uma corrente de 5 pontos e fecha-se com 1 meio ponto. No circulo obtido vai-se trabalhar depois da seguinte maneira:

1ª volta - 10 pontos baixos, O ponto baixo no qual se inicia é sempre substituído por 1 ponto cadeia. Cada volta termina com 1 ponto baixíssimo.

2ªv. - a partir daqui vão-se fazendo os aumentos para tornar o nosso circulo maior. Nesta 2ª volta fazem-se 6 aumentos. No final serão 16 pontos. Como obter um aumento? Fácil... trabalhar 2 pontos no mesmo ponto base.

Para ajudar vejam o vídeo...

3ª v. - 22 pontos baixo

4ª v. - 28 pontos baixo

5ª v. 33 pontos baixo

6ªv. - *1 ponto alto no próximo ponto, 1 cadeia*, repita de *a * 29 vezes. O ponto alto que inicia a rodada é sempre precedido de 3 de cadeia. Para se obteresm as  29 repetições é necessário, por 4 vezes durante a volta, pular 1 ponto base depois de se ter corrido a corrente

7ª v. - 58 pontos baixos

8ªv. - 63 pontos baixos.

9ªv. - *1 ponto alto no próximo ponto* repetir de *a* até 42 repetições. Para obter 42 repetições para trabalhar 21 vezes como dito para as primeiras 6 voltas

10º - 84 pontos baixos

11º e 12º - 99 pontos baixos

13º e 14º - 104 pontos baixos

 Continue seguindo o padrão: comece como o ponto que precede o asterisco e repita de *a*  12 vezes.

IMG_20180516_112059.jpg

 

 

picot 

catenella - cadeia

p. basso - ponto baixo

mezzo p. alto - meio ponto

p. alto doppio - ponto alto duplo

p. alti tripli non chiusi e chiusi asieme - fazer 4 pontos altos triplos e uni-los todos juntos

 

 

Na revista... dizia ser uma bomboneira em crochet. 

E para fazer jus a tal... foram colocadas amêndoas dentro do saco!

Mas...

Pensando bem..

Isto até que com umas pequenas alterações, ainda dá para se fazer um saco para se colocar o sabonete... e depois gaveta!

Tal e qual no tempo das nossas avós!

 

 

Não tenha pressa...

Aprecie devagar...

 

Opá... isto promete...

IMG_20180423_131727.jpg

Vou partilhar... 

 

Cala-te enquanto é tempo. 

Aqui diz...

 

"Não tenha pressa, aprecie devagar..."

 

Ai...

 

chocolate...

da Feitoria do Cacao

negro... 92%

doce...

com perfil doce e macio como toffee...

nuances de café e noz...

feito em Portugal e artesanal...

O melhor da Europa! (premiado com medalha de ouro)

 

O céu afinal existe!...

 

IMG_20180423_131806.jpg

Ou não fosse ele...

O chocolate...  o alimento dos Deuses...

 

Mas este é meu... 

Só meu! E não dou nem um pedacinho a ninguém.

 

muuaaaah  aaahahahah ah ah ah

 

 

 

 

 

Nespressa-te...

 

Ando de volta deste post há já algum tempo...

 

Aahhhh!

Nada como o aroma de um café acabado de tirar! Até nos reconforta a alma!

Como qualquer pessoa que aprecie um bom café e tenha uma máquina em casa... tem de se abastecer do dito, com uma certa regularidade. Principalmente para não deixar chegar...

Nunca... à última cápsula... e assim evitar alguns dramas e tragédias..

Quanto muito é deixar chegar aos mínimos e... e...

Vai lá vai...

Antes demais, tenho de elogiar e agradecer a sempre prestável, a simpatia e a eficiência dos colaboradores das boutiques de café...  

Até nos oferecem um café à saída! 

E uma pessoa sai toda feliz da vida com a sua chavenazita na mão, um café a fumegar e a causar a inveja (da boa) a quem por si passa!

Sim, até que podem olhar de soslaio e pensar... olhem lá aquela de chávena na mão... Mas o certo é... ainda nos voltarmos a encontrar (no shopping) e também andar com um saco na mão... com café.

Aaaahhhhh... pois é!!!!

 

Queria juntar... o bom de dois mundos...

 

Mas o café acaba e fico com uma chávena de plástico na mão. Resta-me duas opções...

Ai chávena... ou vais parar a um qualquer depósito para a reciclagem ou... levo-te para casa.

Difícil não é?

Caraças... daqui a bocado mais pareço aquela personagem do filme... o Senhor dos Anéis... e também eu ainda fico agarrada, mas desta feita à chávena e a dizer....

My precious!...

O melhor mesmo é guardares o raio da chávena e pores-te já a matutar no que podes fazer com ela.

Usar novamente, como chávena de café... até que o podes fazer...

Mas....

nãaaaa...

 

Beber um café e reutilizar... e de uma chávena... passam a duas, a três, a...

 

Pensa...

Chávenas de plástico e reutilizar... O que podes fazer com estas chávenas de plástico.... Algo que se torne útil, não só o fazer por fazer... O que quer que seja, tem que ter alguma utilidade... E quem sabe? Inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo? E depois, porque não partilhar depois a ideia...

Isto se tiveres alguma ideia...

Huuummm...

Plástico... será que dá para se pegar num prego aquecido e furar... o fundo?

 

IMG_20180419_141939.jpg

 Bem... nada como experimentar!

Pregos é coisa que por aqui não faltam... basta só um pouco de paciência e...

Um alicate e luvas... para não te escaldares no fogão. 

CIMG8307.JPG

 Boa! Está furada a chávena!

 E depois...

... o que fazes com uma chávena furada no fundo?!

 

Mas primeiro que visse... a luz ao fundo do túnel...

 

Vasos?! 

Só se forem plantas muito pequeninas... mas aonde raios vou eu arranjar plantas pequeninas?! Comprar um vasinho pequenino e depois replantar?

Tão cliché...

Nãaaaaaa....

Uma folha de suculenta... transforma-se noutra nova planta...

Isto só a título de exemplo...

IMG_20180419_142656.jpg

E primeiro que elas crescessem... o suficiente... para uma foto de jeito?! 

Ups...

Esta então...

Deu largas à criatividade e  já mal cabe na chávena!

IMG_20180419_143212.jpg

 

Em relação ao título... eu bem que tentei...

 

 

... fazer um trocadilho em que "fundi-se" a palavra nespresso com reutilizagem...

Mas nada de jeito me ocorre...

 

 

Junta pasta de modelar + brincos e obtens um Verão mais colorido!

Ainda se lembram deste post? Será que dará resultado?

No qual abordei a experiência que estava a fazer ao usar pasta de modelar em peças de bijuteria?

 

Então... não é que deu resultado!

A pasta aderiu lindamente às peças, e, tal e qual como expectava, não reduziu muito de tamanho. Ainda que, nalgumas peças tenha tido que rectificar, colocando um pouco mais de massa. Para ainda dar mais volume.

 

É verdade!

A pasta dá para ser lixada com uma lixa de grão muito fino. O que é bom para eliminar excedentes.

 

 

Eis os primeiríssimos resultados...

Um par de brincos floridos! Simples mas coloridos.

Muito a propósito do verão!

 

CIMG8369.JPG

Como fiz...

 

Pega-se na pasta, que tem um cheiro muito característico, e coloca-se na peça. Molda-se com as mãos até se obter o efeito pretendido. No meu caso, queria preencher as ditas peças e ao mesmo tempo, dar-lhes volume. Sem ter de recorrer à resina acrílica.

A secagem é muito rápida, por esta altura do ano. Contudo, convém esperar que seque bem. E para tal, ter-se-à que esperar um bom par de horas. Dá para adiantar outros projectos!

Assim que se tenha a certeza que está totalmente seca, passa-se para a fase seguinte.

Não esquecer de verificar, se a pasta está bem fixa à peça. Caso se solte, o que não é o pretendido, cola-se com um pouco de cola líquida, daquela própria para artes decorativas ou de bijuteria.

Pode-se depois, adicionar mais pasta, para dar mais volume, aqui vai depender do projecto.

Caso, seja necessário, usar a lixa para alisar a peça. Convém, para dar aquele aspecto de acabamento lisinho e sem rugas!

 

CIMG8260.JPG

 

Entretanto, vão-se ensaiando os desenhos que queremos depois pintar. Ou, cá o amigo google, aconselha uns quantos modelos que devidamente adaptados ao tamanho da peça, podem depois ser transferidos para a mesma. Usa-se, claro, o papel de carvão para tal efeito. Se tiverem jeitinho, com o lápis de carvão desenham livremente sobre a pasta. Afinal, é uma tela em branco...

As tintas usadas foram acrílicas. Existem várias marcas boas no mercado. Eu, estou habituada a usar as da Americana ou as da Folkart. Gosto do aspecto final que dão à pintura. Mas gostos não se discutem!

A pasta absorve bem a tinta, sem ser em excesso. Quer isto dizer, que à segunda "demão" da base, podemos pintar o que se quiser!

 

Dica:

Nestes brincos, usando um pinta-bolinhas pode-se fazer, praticamente, toda a flor!

Envernizar as peças, para maior durabilidade da pintura. Pessoalmente, uso os vernizes acrílicos mate em spray, Mas pode-se usar com brilho, ou, até mesmo, optar pelo verniz de vitral, dado a pincel. Depende do gosto de cada um!

 

CIMG8372.JPG

 

Para quem não sabe o que é um pinta-bolinhas?

É uma ferramenta muito versátil, que se usa nas artes decorativas e serve para pintar bolinhas ou pintinhas. Igual à da foto mais abaixo. Existem no mercado com pontas de vários tamanhos. Um exemplo do uso do pinta-bolinhas é na pintura dos olhos de bonecos. Pode ser usado em qualquer superfície, como o papel, madeira, biscuit, tecido, tela, gesso, etc... 

pinta-bolinhas.jpg

 Follow me: InnamorataPerArte

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Loulou no instagram

Loulou no pinterest

Blogs Portugal

Loulou no facebook

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Pesquisar

 

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D